sábado, 14 de fevereiro de 2009

14 de fevereiro: - 45 / + 320 dias.

Dia do Amor
;
Santos do dia: Cirilo, Metódio e Valentim.
;
Evangelho do dia:
Naqueles dias, como fosse novamente numerosa a multidão, e não tivessem o que comer, Jesus convocou os discípulos e lhes disse: Tenho compaixão deste povo. Já há três dias perseveram comigo e não têm o que comer; Se os despedir em jejum para suas casas, desfalecerão no caminho; e alguns deles vieram de longe! Seus discípulos responderam-lhe: Como poderá alguém fartá-los de pão aqui no deserto? Mas ele perguntou-lhes: Quantos pães tendes? Sete, responderam. Mandou então que o povo se assentasse no chão. Tomando os sete pães, deu graças, partiu-os e entregou-os a seus discípulos, para que os distribuíssem e eles os distribuíram ao povo. Tinham também alguns peixinhos. Ele os abençoou e mandou também distribuí-los. Comeram e ficaram fartos, e dos pedaços que sobraram levantaram sete cestos. Ora, os que comeram eram cerca de quatro mil pessoas. Em seguida, Jesus os despediu. E embarcando depois com seus discípulos, foi para o território de Dalmanuta.
- São Marcos 8: 1 – 10 -
;
Para Pensar:
O que pode satisfazer a mais profunda fome e o maior desejo do coração humano? Os milagres de Jesus são um sinal do Reino e uma presença no mundo do poder de Deus. Eles proclamam também a grandeza da misericórdia de Deus. De fato, o que os discípulos consideravam impossível, Jesus irá realizar: Alimentar, naquele lugar desértico, uma multidão de pessoas que o seguia. Lembramo-nos da ação de Deus, alimentando o povo israelita no deserto com o maná. Este milagre nos faz reconhecer que Deus conhece nossas necessidades e problemas e Ele vem em nosso socorro. A observação que o Senhor faz: “Alguns deles vieram de longe”, aponta para os que “saem” do paganismo, pertencem a outros povos, e pedem para serem admitidos na Aliança com o Deus de Israel. Os Magos também, primícias das nações, vem de longe. A segunda multiplicação dos pagãos abre para o mundo todo, não as migalhas, mas a superabundância do festim eucarístico. E isto justamente após o relato da cura da filha de uma mulher Cananéia, como também das curas junto ao lago, que são como um anúncio do acesso dos pagãos à fé.
Esta segunda multiplicação é, portanto, a reiteração da “celebração eucarística”, com os quatro atos litúrgicos: oferenda, ação de graças, fração do pão e comunhão. E até a conservação dos fragmentos restantes. A mesa do Reino é doravante acessível a todos, mesmo aos pagãos, contanto que eles acolham a Palavra pelo poder dAquele que fez todas as coisas.
;
Senhor, só vós podeis
satisfazer a fome do nosso coração.
Que eu possa sempre encontrar
alegria em vossa presença.
Dái o verdadeiro pão do céu e
alimentai-me com vossa Palavra de vida.
Amém!
;
- Dom Fernando Antonio Figueiredo -

7 comentários:

Evangelizadora disse...

Seus posts estão cada dia mais abençoados! Bom domingo e uma semana repleta do amor de Deus!

Semeadora disse...

É gostoso chegar no blog e encontrar um comentário! Muito obrigada pela visita! Belíssima essa mensagem! E, não esqueça: Deus conta com você! Deus conta conosco! Evangelize! Paz e Bem!

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Tetê disse...

Oi, querida! Passando prá agradecer a visita e avisar que já atualizei! Bjks e boa semana!

Anjo das Frases disse...

Obrigada pela visita! Um post maravilhoso! Seu blog é nota 10! Acabo de atualizar! Passa lá! Beijos.

Anjinho de Deus disse...

Olá Samantha! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Boa semana!Paz e Bem!

Gracinda disse...

Muito obrigada por sua amável visita! "Ao decidir realizar o trabalho de sua vida, você deve avançar com fé inabalável e perseverança até à meta". É sobre isso que trata o post de hoje! Te espero! Paz, Luz e Harmonia!