sexta-feira, 17 de abril de 2009

17 de abril: - 107 / + 258 dias

Oitava da Páscoa
;
Santos do dia: Aniceto, Roberto, abade e Hermógenes.
;
Evangelho do dia:
Depois disso, Jesus apareceu outra vez aos seus discípulos, na beira do lago da Galiléia. Foi assim que aconteceu: Estavam juntos Simão Pedro e Tomé, chamado "o Gêmeo"; Natanael, que era de Caná da Galiléia; os filhos de Zebedeu e mais dois discípulos. Simão Pedro disse aos outros: Eu vou pescar. Nós também vamos pescar com você! - disseram eles. Então foram todos e subiram no barco, mas naquela noite não pescaram nada. De manhã, quando começava a clarear, Jesus estava na praia. Porém eles não sabiam que era ele. Então Jesus perguntou: Moços, vocês pescaram alguma coisa? Nada! - responderam eles. Joguem a rede do lado direito do barco, que vocês acharão peixe! - disse Jesus. Eles jogaram a rede e logo depois já não conseguiam puxá-la para dentro do barco, por causa da grande quantidade de peixes que havia nela. Aí o discípulo que Jesus amava disse a Pedro: É o Senhor Jesus! Quando Simão Pedro ouviu dizer que era o Senhor, vestiu a capa, pois havia tirado a roupa, e se jogou na água. Os outros discípulos foram no barco, puxando a rede com os peixes, pois estavam somente a uns cem metros da praia. Quando saíram do barco, viram ali uma pequena fogueira, com alguns peixes em cima das brasas. E também havia pão. Então Jesus disse: Tragam alguns desses peixes que vocês acabaram de pescar. Aí Simão Pedro subiu no barco e arrastou a rede para a terra. Ela estava cheia, com cento e cinqüenta e três peixes grandes, e mesmo assim não se rebentou. Jesus disse: Venham comer! Nenhum deles tinha coragem de perguntar quem ele era, pois sabiam que era o Senhor. Então Jesus veio, pegou o pão e deu a eles. E fez a mesma coisa com os peixes. Foi esta a terceira vez que Jesus, depois de ter sido ressuscitado, apareceu aos seus discípulos.
- São João 21:1-14 -
;
Para Pensar:
Um aspecto importante a ser destacado nesta narrativa, no fim do Evangelho de João, é o retorno dos discípulos às suas atividades profissionais na Galiléia, após a crucifixão de Jesus, onde devem ter dado continuidade à ação missionária do Mestre. Por outro lado, as tradições de Paulo e Lucas colocam Jerusalém como centro de irradiação missionária. Esta cena de "pesca milagrosa", com a presença do ressuscitado, é semelhante à "pesca milagrosa" no momento do chamado Jesus de Nazaré aos primeiros discípulos, no Evangelho de Lucas. A presença e a palavra de Jesus animam os discípulos ao longo da missão, em todos os tempos.

7 comentários:

7e7ei@ disse...

Samantha: obrigada por seu carinho e atenção!Por aqui sempre encontro um post interessante! Hoje, ensino como estabelecer contato com os Anjos. Te espero! Beijos e um bom final de semana!

Semeadora disse...

É gostoso chegar no blog e encontrar um comentário! Muito obrigada pela visita! O que você tem semeado? Aquilo que você semear, isso também colherá. Semeia para o Espírito e do Espírito colherá vida eterna. Deus te abençoe!Paz e Bem!

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Evangelizadora disse...

Seus posts estão cada dia mais abençoados! Bom domingo e uma semana repleta do amor de Deus!

Anjo das Frases disse...

Obrigada pela visita! Um post maravilhoso! Seu blog é nota 10! Acabo de atualizar! Passa lá! Beijos.

Entre Amigos disse...

Oi Samantha! Como foi de final de semana! Muito interessante seu post! Obrigada pela visita. Acabo de atualizar! Tenha uma boa semana!

Pensadora disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita e avisar que já atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana!