sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

19 de dezembro: - 354 / + 12

Terceira semana do Advento
;
Santos do dia: Téia, Dário e Paulino.
;
Evangelho do dia:
Nos tempos de Herodes, rei da Judéia, houve um sacerdote por nome Zacarias, da classe de Abias; sua mulher, descendente de Aarão, chamava-se Isabel. Ambos eram justos diante de Deus e observavam irrepreensivelmente todos os mandamentos e preceitos do Senhor. Mas não tinham filho, porque Isabel era estéril e ambos de idade avançada. Ora, exercendo Zacarias diante de Deus as funções de sacerdote, na ordem da sua classe, coube-lhe por sorte, segundo o costume em uso entre os sacerdotes, entrar no santuário do Senhor e aí oferecer o perfume. Todo o povo estava de fora, à hora da oferenda do perfume. Apareceu-lhe então um anjo do Senhor, em pé, à direita do altar do perfume. Vendo-o, Zacarias ficou perturbado, e o temor assaltou-o. Mas o anjo disse-lhe: Não temas, Zacarias, porque foi ouvida a tua oração: Isabel, tua mulher, dar-te-á um filho, e chamá-lo-ás João. Ele será para ti motivo de gozo e alegria, e muitos se alegrarão com o seu nascimento; porque será grande diante do Senhor e não beberá vinho nem bebida fermentada, e desde o ventre de sua mãe será cheio do Espírito Santo; ele converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus, e irá adiante de Deus com o espírito e poder de Elias para reconduzir os corações dos pais aos filhos e os rebeldes à sabedoria dos justos, para preparar ao Senhor um povo bem disposto. Zacarias perguntou ao anjo: Donde terei certeza disto? Pois sou velho e minha mulher é de idade avançada. O anjo respondeu-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado para te falar e te trazer esta feliz nova. Eis que ficarás mudo e não poderás falar até o dia em que estas coisas acontecerem, visto que não deste crédito às minhas palavras, que se hão de cumprir a seu tempo. No entanto, o povo estava esperando Zacarias; e admirava-se de ele se demorar tanto tempo no santuário. Ao sair, não lhes podia falar, e compreenderam que tivera no santuário uma visão. Ele lhes explicava isto por acenos; e permaneceu mudo. Decorridos os dias do seu ministério, retirou-se para sua casa. Algum tempo depois Isabel, sua mulher, concebeu; e por cinco meses se ocultava, dizendo: Eis a graça que o Senhor me fez, quando lançou os olhos sobre mim para tirar o meu opróbrio dentre os homens.
- São Lucas 1: 5 – 25 -
;
Para Pensar:
“Todo o povo estava de fora” e apareceu-lhe um anjo. O anúncio não se resume só ao casal, ele se passa ao longo de uma liturgia, como uma resposta de Deus à prece conjunta de Zacarias e do povo fiel: para alegria de muitos. Zacarias se perturba diante da visão, exprimindo assim o temor reverencial a Deus.
“Não temas”, lhe diz o anjo, pois sua presença é sinal da benevolência de Deus. Sua graça, nos propondo a Aliança, nos dá a igualdade no Amor. Ouvindo a prece de Zacarias, Deus se mostra atento à prece do seu povo. De fato, a esterilidade de Isabel é a imagem do povo de Deus reunido pela liturgia, melhor ainda, é a imagem de todas as gerações que, desde Abraão, esperam o Messias prometido.
O texto tem assim um alcance muito mais amplo, abarcando a humanidade toda na expectativa da vinda do Salvador. O nome de João significa “graça do Senhor”: ele assinala o dom feito aos pais por este nascimento, e o dom do Espírito que encherá João desde o seio de sua mãe, e enfim o dom concedido aos filhos de Israel, que João reconduzirá ao Senhor seu Deus”. O anúncio do nascimento de João já é nele mesmo sinal de sua missão, como precursor do Messias, aquele que “reconduzirá os pais aos filhos e os rebeldes à sabedoria dos justos, para preparar ao Senhor um povo bem disposto”.
Senhor Jesus,
vós viestes salvar-nos do pecado
e do poder de morte.
Que eu possa sempre alegrar-me
com a salvação que vem de vós
e confiar em vosso plano a respeito
de minha vida.
Amém!
- Dom Fernando Antônio Figueiredo -

7 comentários:

Anônimo disse...

As maravilhas da Bíblia e as mulheres:


Mulheres devem ser submissas a seus maridos (1 Pedro 3:1)
Mulheres estão proibidas de ensinar aos homens (1 Timóteo 2:12)
Mulheres não devem usar ouro ou pérolas (1 Timóteo 2:9)
Mulheres não podem usar roupas masculinas (Deuteronônio 22:5)
Carne de porco e frutos do mar são terminantemente proibidos (Levítico 11:7, 10)
A usura é proibida (Deuteronômio 23:19)
Cortar a barba é proibido (Levítico 19:27)
É proibido usar roupas feitas de mais de um material (Levítico 19:19)
A Bíblia não permite que as mulheres peçam o divórcio, o que significa que eles estão cometendo adultério, punível com apedrejamento até a morte (Deuteronômio 22:22)

Semeadora disse...

Samantha querida: obrigada pela visita! Que você tenha sempre esta sede de Deus! Nunca deixe de evangelizar! Paz e Bem!

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Bom final de semana! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Evangelizadora disse...

Seus posts estão cada dia mais abençoados! Bom domingo e uma semana repleta do amor de Deus!

Anjo das Frases disse...

Obrigada pela visita! Acabo de atualizar! Uma boa semana prá você, também!! FUI!

Tetê disse...

Oi, querida! Passando prá agradecer a visita e avisar que já atualizei! Bjks e Feliz Natal!

Anjinho de Deus disse...

Olá ! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Boa semana!Feliz Natal!Paz e Bem!