domingo, 10 de junho de 2012

10 de junho: - 162 / + 204 dias

Santos do dia
Getúlio, Itamar, Luciliano

Dia da Artilharia

Leituras de hoje:
Gn 3,9-15/Sl 129/2Cor 4,13-5,1/Mc 3,20-35

Evangelho do dia:
Quando Jesus foi para casa, uma grande multidão se ajuntou de novo, e era tanta gente, que ele e os discípulos não tinham tempo nem para comer. Os parentes de Jesus souberam disso e foram buscá-lo porque algumas pessoas estavam dizendo que ele estava louco. Alguns mestres da Lei, que tinham vindo de Jerusalém, diziam: Ele está dominado por Belzebu, o chefe dos demônios. É Belzebu que dá poder a este homem para expulsar demônios. Então Jesus chamou todos e começou a ensiná-los por meio de parábolas. Ele dizia: Como é que Satanás pode expulsar a si mesmo? O país que se divide em grupos que lutam entre si certamente será destruído. Se uma família se divide, e as pessoas que fazem parte dela começam a lutar entre si, ela será destruída. Se o reino de Satanás se dividir em grupos, e esses grupos lutarem entre si, o reino não continuará a existir, mas será destruído. Ninguém pode entrar na casa de um homem forte e roubar os seus bens, sem primeiro amarrá-lo. Somente assim essa pessoa poderá levar o que ele tem em casa. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: os pecados que as pessoas cometem ou as blasfêmias contra Deus poderão ser perdoados. Mas as blasfêmias contra o Espírito Santo nunca serão perdoadas porque a culpa desse pecado dura para sempre. Jesus falou assim porque diziam que ele estava dominado por um espírito mau. Em seguida a mãe e os irmãos de Jesus chegaram; eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo. Muita gente estava sentada em volta dele, e algumas pessoas lhe disseram: Escute! A sua mãe e os seus irmãos estão lá fora, procurando o senhor. Jesus perguntou: Quem é a minha mãe? E quem são os meus irmãos? Aí olhou para as pessoas que estavam sentadas em volta dele e disse: Vejam! Aqui estão a minha mãe e os meus irmãos. Pois quem faz a vontade de Deus é meu irmão, minha irmã e minha mãe.
- Mc 3,20-35 -

Para pensar:
A narrativa deste texto ocorre em torno da casa, onde Jesus, seus discípulos e a multidão se colocam expressando uma certa tensão pelo fato de alguns estarem dentro e outros, fora da mesma. Nesta tensão a casa ocupa um lugar central, tornando-se a chave de leitura para todo o capítulo terceiro de Marcos.
Vários grupos se colocam dentro e fora da casa: discípulos, multidão, mestres, parentes. Os que estão dentro da casa estão ouvindo a Palavra de Jesus, isto é, seguindo os seus ensinamentos. Os que se encontram fora da casa, inclusive sua família, procuram Jesus. Assim, estar dentro e fora da casa reflete uma unidade cuja síntese está em fazer a vontade de Deus.

Em que lugar me situo na casa? Dentro? Fora?
- Ir. Patricia Silva -

Uma semana abençoada!

8 comentários:

Tetê disse...

Oi Samantha! Feliz de ter te encontrado no Manancial! Maravilhosa essa sua reflexão! Bjks Tetê

Zéza disse...

Oi querida! Vim agradecer a sua visita e avisar que já atualizei! Estou esperando sua visita!! Beijos azuis!

... Morgana disse...

Olá miguxinha! Muito obrigada pela visita ao meu blog! Esse seu cantinho é muito bom! Beijos cintilantes. Morgana

Frida disse...

Olá querida! Valiosa essa sua reflexão! É uma grande alegria receber sua visita! Muito obrigada! Acabei de atualizar. Luz e Paz! Frida

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Pollyanna Monteiro disse...

Que alegria receber comentários e, com eles, o carinho dos amigos! Muito obrigada por sua visita! Graça e Paz! Beijos no seu coração. Polly

Euzinha disse...

Obrigada, querida, pela visita! É bom demais sentir o carinho dos amigos! Maravilhosa a sua postagem! Gosto muito de seu blog! Abreijos Euzinha

B@bi disse...

Reverências! Fico muito agradecida por sua visita! Seu blog é muito bom e é uma enorme alegria vir aqui! Muito obrigada! B@bi