domingo, 11 de dezembro de 2011

Terceiro Domingo do Advento - 11 de dezembro: - 345 / + 20 dias

Santos do dia
Dâmaso I, Hugolino Magalotti, Pedro de Sena

Dia do Engenheiro Civil, Dia do Arquiteto e Dia da Bíblia

Leituras de hoje:
Is.61:1-2a,10-11/Sl.84/1Ts.5:16-24/Jo.1:6-8,19-28

Evangelho do dia:
Houve um homem chamado João, que foi enviado por Deus para falar a respeito da luz. Ele veio para que por meio dele todos pudessem ouvir a mensagem e crer nela. João não era a luz, mas veio para falar a respeito da luz. Os líderes judeus enviaram de Jerusalém alguns sacerdotes e levitas para perguntarem a João quem ele era. João afirmou claramente: - Eu não sou o Messias. Eles tornaram a perguntar: - Então, quem é você? Você é Elias? - Não, eu não sou! - respondeu João. - Você é o Profeta que estamos esperando? - Não! - respondeu ele. Aí eles disseram a João: - Diga quem é você para podermos levar uma resposta aos que nos enviaram. O que é que você diz a respeito de você mesmo? João respondeu, citando o profeta Isaías: - "Eu sou aquele que grita assim no deserto: preparem o caminho para o Senhor passar." Os que foram enviados eram do grupo dos fariseus; eles perguntaram a João: - Se você não é o Messias, nem Elias, nem o Profeta que estamos esperando, por que é que você batiza? João respondeu:  - Eu batizo com água, mas no meio de vocês está alguém que vocês não conhecem. Ele vem depois de mim, mas eu não mereço a honra de desamarrar as correias das sandálias dele. Isso aconteceu no povoado de Betânia, no lado leste do rio Jordão, onde João estava batizando.
- Jo.1:6-8.19-28 -

Para pensar:
João é o "homem enviado por Deus", o profeta, o mensageiro, o porta-voz de Deus. É aquele que testemunha e anuncia a chegada do Messias. Ele é como uma sentinela que aguarda o sol despontar para gritar que o dia chegou. O interrogatório dos judeus, em Betânia, busca reconhecer a identidade de João que está se tornando bastante popular. A este interrogatório João responde que não é Elias, nem o Messias, nem o Profeta. Diz ser a "voz que clama no deserto". Mas, não deixa de ser um enigma a sua resposta, porque João fala que depois dele vem alguém de quem ele não é digno de desatar as correias da sandália.

Todos nós podemos ser como João Batista: testemunhas, discípulos e missionários de Jesus Cristo. Se não conhecemos a Deus em Cristo e com Cristo, toda a realidade se torna um enigma indecifrável; não há caminho e, ao não haver caminho, não há vida nem verdade.
Como João Batista quero ser testemunha daquele de quem "não sou digno de desatar as correias das sandálias".
- Irmã Patrícia Silva -

Uma semana abençoada!

8 comentários:

Tetê disse...

Oi Samantha! Feliz de ter te encontrado no Manancial! Maravilhosa essa sua reflexão! Bjks Tetê

Zéza disse...

Oi querida! Vim agradecer a sua visita e avisar que já atualizei! Estou esperando sua visita!! Beijos azuis!

... Morgana disse...

Olá miguxinha! Muito obrigada pela visita ao meu blog! Esse seu cantinho é muito bom! Beijos cintilantes. Morgana

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita ao Essências para a Vida e avisar que já atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana! Nilza

Frida disse...

Olá querida! Valiosa essa sua reflexão! É uma grande alegria receber sua visita! Muito obrigada! Acabei de atualizar. Luz e Paz! Frida

7e7ei@ disse...

Como é gostoso receber visitas! Amigos são Anjos e eu gosto de me sentir assim, cercada de Anjos! Anjo amigo, obrigada pela visita! Um beijo angélico em seu coração! Tetéia

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã/Maythe