domingo, 22 de março de 2009

22 de março: - 81 / + 284 dias

Quarto Domingo da Quaresma
;
Dia Mundial da Água
;
Santos do dia: Léia e Otaviano.
;
Evangelho do dia:
Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem, para que todo homem que nele crer tenha a vida eterna. Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado; por que não crê no nome do Filho único de Deus. Ora, este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, pois as suas obras eram más. Porquanto todo aquele que faz o mal odeia a luz e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas aquele que pratica a verdade, vem para a luz. Torna-se assim claro que as suas obras são feitas em Deus.
- São João 3: 14 - 21 -
;
Para Pensar:
Jesus fala do poder de sua cruz e um novo nascimento no Espírito. À questão de Nicodemos: “como pode isto acontecer?”, Jesus responde colocando-o suavemente em seu devido lugar: “Tu és mestre em Israel e ignoras essas coisas?” Aliás, toda a ciência dos “mestres” não seria suficiente, pois é necessário ser “nascido de Deus”, e conduzido pelo Espírito a esta vida divina para descobri-la, na fé. O Senhor explica a Nicodemos a necessidade da crucifixão e a ressurreição lembrando Moisés e a serpente de bronze levantada no deserto, que permitia aos que a contemplavam a vitória sobre a morte provocada pela mordida de uma serpente. Assim a cruz de Jesus derrota o pecado e a morte e concede a vida eterna aos que nEle crêem. A elevação de Cristo na cruz é nosso nascimento no Espírito Santo e adoção como filhos e filhas de Deus. Ele nos redime e nos concede sua própria vida divina e o poder que nos permite participar de sua glória.
Ele conhece toda a verdade, “falamos do que sabemos”, afirma Jesus. Seu testemunho vale pelo que Ele viu, de modo que acolher este testemunho, ou esta Luz, é reduzir a ignorância, da qual dão provas até os próprios mestres de Israel, substituindo-a pela certeza luminosa, reveladora, do próprio Deus. Descobre-se assim, não só a Verdade de nossa vocação humana sobre esta terra, mas a Trindade celeste na qual somos introduzidos graças ao Espírito divino. Esta revelação é tão importante, que Jesus estende o horizonte, dirigindo-se não só a Nicodemos, que, aliás, se dilui, mas a todos. Ele passa do “tu” ao “vós”, portanto, a todos nós. O próprio texto nos afirma: “Para que todo aquele que nele crer tenha a vida eterna”.
;
Senhor,
vossa morte nos traz vida.
Enchei-me com vosso Espírito Santo,
para que eu participe da vida eterna.
Amém!
;
- Dom Fernando Antonio Figueiredo –

6 comentários:

Entre Amigos disse...

Oi Samantha! Como foi de final de semana! Muito interessante seu post! Obrigada pela visita. Acabo de atualizar! Tenha uma boa semana!

Pensadora disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita e avisar que já atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana!

Semeadora disse...

É muito gostoso chegar no blog e encontrar um comentário! Melhor que isso é vir retribuir e encontrar um post magnífico como este! Muito obrigada pela visita! O que você tem semeado? Aquilo que você semear, isso também colherá. Semeia para o Espírito e do Espírito colherá vida eterna. Deus te abençoe!Paz e Bem!

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Gracinda disse...

Muito obrigada por sua amável visita! "Você é um ser insubstituível, de valor absoluto". É sobre isso que trata o post de hoje! Te espero! Paz, Luz e Harmonia!

Anjo das Frases disse...

Obrigada pela visita! Um post maravilhoso! Seu blog é nota 10! Acabo de atualizar! Passa lá! Beijos.