sábado, 19 de julho de 2008

20 de julho: - 202 / + 164

Dia do amigo
O amigo fiel é um refúgio seguro,
quem o encontrou, encontrou um tesouro.
(Eclo.6:14)
;
Santos do dia: Apolinário, Aurélio de Cartago, Severa e Paulo da Espanha.
;
Evangelho do dia:
Jesus propôs-lhes outra parábola: O Reino dos céus é semelhante a um homem que tinha semeado boa semente em seu campo. Na hora, porém, em que os homens repousavam, veio o seu inimigo, semeou joio no meio do trigo e partiu. O trigo cresceu e deu fruto, mas apareceu também o joio. Os servidores do pai de família vieram e disseram-lhe: - Senhor, não semeaste bom trigo em teu campo? Donde vem, pois, o joio? Disse-lhes ele: - Foi um inimigo que fez isto! Replicaram-lhe: - Queres que vamos e o arranquemos? - Não, disse ele; arrancando o joio, arriscais a tirar também o trigo.
- São Mateus 13: 24 – 29 (leia até o 43) -
;
Para pensar:
O ser humano possui forte tendência à intolerância, a não querer conviver com as tensões que surgem.
Certa vez, os discípulos de Jesus pediram a sua permissão para que mandassem descer fogo do céu, a fim de eliminar os samaritanos que os rejeitavam. Imediatamente Jesus os repreendeu.
O Evangelho de hoje mostra uma virtude própria de Jesus, e, evidentemente, do cristão: a paciência. Esta deve preceder todas as atitudes humanas. O ensinamento de Jesus não pede que aceitemos passivamente o mal, mas que, com serenidade, o derrotemos com a bondade. E a bondade cristã se manifesta na implantação da justiça de Deus, o que requer a paciência do semeador e a humildade da semente.
- Frei Silvio T. Werlingue -




Um comentário:

Tetê disse...

Samantha, seu blog é uma benção! Obrigada pelos presentes! Te ofereço o meu award! Deus te abençoe e te guarde! Beijos